Publicado por Multibot em 05/05/2021 às 20:56

Lucro líquido da Tenda aumenta 109,5%, no 1º tri, para R$ 36,9 milhões

Os investimentos da Tenda (TEND3) em digitalização, reforçados no início da pandemia de covid-19 para facilitar a venda online de imóveis, foram a principal razão para a companhia com foco na baixa renda ter elevado seu lucro líquido em 109,5%, no primeiro trimestre, na comparação anual, para R$ 36,9 milhões.

“As despesas não aumentaram proporcionalmente à receita”, diz o diretor financeiro e de relações com investidores da Tenda, Renan Sanches.

Diante do desempenho das vendas on-line, a Tenda reduziu o número de lojas físicas, no trimestre, de 87 para 67. Pode haver novos fechamentos neste ano.

De janeiro a março, enquanto a receita líquida cresceu 45%, para R$ 602,9 milhões, e as vendas brutas tiveram incremento de 50%, para R$ 812,2 milhões, as despesas com comercialização tiveram alta de apenas 3%, para R$ 49,5 milhões. O total de despesas com vendas, gerais e administrativas aumentaram 25,7%, para R$ 97,9 milhões.

Por Valor investe


Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

    Loading
    Carregando

    Usamos cookies para fornecer recursos e serviços para melhorar a experência do usuário em nosso site. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Conheça nossa Política de Privacidade.